Buscar
  • Marta Rangel

8 meses de Caetana e de mãe Marta

Ela:

- detesta estar de bruços e está sempre a esticar as pernas para pôr-se de pé

- assim que vê um raio de luz, de manhã, fica numa excitação desmedida para se levantar

- quando faz "cu-cu" inclina a cabeça para o lado

- adora ver-se ao espelho

- com a "fúria" dos dentes, morde-me a cara, o queixo, os braços, os dedos... as maminhas!

- gosta de fruta, pão e de papa e torce o nariz a sopa, carne e peixe

- aprendeu a chapinhar na banheira e deita metade da água do banho para fora

- palra muito e já emite sons parecidos com "olá" e "dá"

- tem unhas tão fininhas e afiadas que, por mais que as lime, continuam parecidas às de um gatinho assanhado

- gosta de pôr a mão na nossa boca para darmos beijinhos

- ainda tem um bocadinho de crosta láctea, mas já saiu quase toda no banho

- adora que lhe leia uma história antes de dormir

- continua a acordar 4, 5, 6 vezes por noite e só volta a adormecer depois de mamar

- gosta de ser embalada enquanto estamos de pé e, de preferência, com algum vigor no movimento (ritmo calminho não é com ela :D)


- a grande maioria das sestas continua a ser ao colo e raramente fica no berço ou na minha cama sem acordar passado pouco tempo

- quando dorme ao meu colo, pousa a mão a meio do meu peito para sentir os batimentos do coração <3

- já teve febre e diarreia por causa dos dentes

- faz cocós amarelos

- já gosta mais de andar de carro

- estende a mão para a Sunny lamber e ri-se sozinha com ela

- adora "desafiar" a minha mãe/vovó Ciete e, quando consegue que ela se ria, começa a dar gargalhadas também <3

- o brinquedo preferido é uma maçã musical, cujos olhos mexem, que foi minha e da minha irmã (ou seja, esta "maçã" tem quase 50 anos)

- adora passear no marsúpio, ao pé de casa, ver as árvores e ouvir os passarinhos


Eu:

- nunca me senti tão cansada física e psicologicamente

- a privação de sono era o meu maior receio, antes da Caetana nascer, e tornou-se o maior desafio (resolvi marcar consulta com uma terapeuta do sono, em cujos métodos me revejo. Ou seja, não utiliza a estratégia do "deixar chorar" com a qual não concordo - e escusam de me dizer que "funciona")

- tenho medo que o cansaço me faça ser mais descuidada com a Caetana

- na maioria dos dias, vou buscar forças (e uma energia renovada) não sei bem onde

- gostava de poder passar mais tempo de qualidade com a minha filha só a brincar, em vez de estar a cuidar dela ou a ocupá-la

- trabalhar em casa, com a Caetana, é muitooooo difícil

- estou a comer muito mais e sem o cuidado que costumava ter, mas emagreci bastante (nem sei quanto porque não me pesei mas, em algumas peças de roupa, visto o XS)


- continuo a dar muita maminha (e a ter bastante leite, felizmente)

- dou muito mais valor a pequenas coisas que antes dava como garantidas: dormir sem horários, relaxar na praia, fazer exercício físico, caminhar na marginal, beber 1 copo de vinho ao jantar, etc, etc

- já não tenho a mesma paciência para me arranjar ou maquilhar, mas faço um esforço para o fazer, pelo menos, de vez em quando

- valorizo ainda mais as "minhas pessoas", que não deixaram de sê-lo depois de ser mãe e de recusar tantos convites

- nesta fase, em vez de me apetecer sair à noite, jantar fora, dançar, viajar ou qualquer outra coisa do género, só queria poder descontrair no sofá, a ver uma série, jantar tranquilamente em casa, beber 1 copo de vinho para relaxar e dormir uma boa noite de sono. Tenho a certeza que, no dia seguinte, seria uma mulher nova ;)

- adoro o som das gargalhadas da Caetana e basta-me olhar para ela para sorrir

- amo-a cada vez mais e digo-lhe isso todos os dias


 

Nunca fui muito fã de fatos de treino, mas estes - a condizer - são tão fofos e confortáveis que me conquistaram. A marca é uma das minhas preferidas: Casa de Bonecas

91 visualizações

Deseja adicionar um comentário?