Buscar
  • Marta Rangel

Todas as mães deviam ter…

Todas as mães deviam ter apoio. Todas as mães deviam ter uma verdadeira aldeia como suporte. Todas as mães deviam poder ausentar-se do papel de mãe, nem que fosse uma hora por dia, para se lembrarem da mulher que são.



Todas as mães deviam ser isentas de julgamento, sobretudo de outras mães. Todas as mães deviam ter o carinho, o colo, o aconchego que precisam para elas próprias serem tudo isto para os filhos. Todas as mães deviam amar e ser amadas da forma que desejam. Todas as mães deviam poder ficar com os seus filhos o tempo que fosse necessário sem constrangimentos financeiros. Todas as mães deviam poder escolher se punham - ou não - os filhos numa creche. Todas as mães deviam poder dormir noites descansadas. Todas as mães deviam ter acompanhamento pós-parto. Todas as mães deviam ter apoio psicológico. Todas as mães deviam sentir-se ainda mais bonitas depois de serem mães. Todas as mães deviam poder cuidar delas primeiro para cuidar ainda melhor dos filhos. Todas as mães deviam ser honradas e homenageadas pela dádiva de serem mães. Todas as mães deviam poder ser o que quisessem, como quisessem, quando quisessem. Algo tão bonito não deveria ser, tantas vezes, associado a esforço, dificuldades ou espírito de sacrifício. Algo tão bonito deveria ser natural, simples, leve. Para todas.


E vocês, o que acham que todas as mães deveriam ter?


 

Fotografia tirada durante uma escapadinha de 3 dias na Casa d’Olivença, em Elvas

37 visualizações

Deseja adicionar um comentário?